Atendimento
  • (11) 3221-8034São Paulo
  • (11) 3424-6187São Paulo
  • (31) 2626-1267Minas Gerais
  • (11) 98399-6897Whatsapp
  • Chat Online
  • comercial@borealled.com.br
  • Segunda à sexta das 10:00 às 17:00 hrs.

Carregando...

Lâmpada LED Certificada Inmetro - Programa Brasileiro de Etiquetagem

20 de abril de 2017

CERTIFICAÇÃO DE LÂMPADAS LED

PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM

Aos poucos, a tecnologia LED conquistou seu espaço e hoje as lâmpadas de LED são consumidas por todo o Brasil.

O êxito na substituição das lâmpadas incandescentes pelas de LED, cabe a cada cidadão, mas a ação do governo através da certificação é a atitude conivente e efetiva para realmente se chegar ao grande objetivo.

A obrigatoriedade de certificação, que é regida pelas Portarias 143 e 144/2015 do Inmetro, justamente para garantir a qualidade do produto, regras de comercialização e a etiquetagem, agora é Lei que repercute a todos os estabelecimento que vendem as lâmpadas de LED.

O anexo a esta Portaria é claro e objetivo quanto aos requisitos de avaliação, e detalha especificamente as conformidade para as lâmpadas LEDs com driver acoplado, entre elas as tubulares e bolbo.

  • Em relação ao objetivo da certificação

Justamente para avaliar a segurança e o desempenho do produto.

Neste mesmo anexo as lâmpadas LED de 127V e/ou 220 V passaram a receber a etiquetagem completa com todas as informações de durabilidade, e se está de acordo com a as exigências da regulamentação brasileira.

O processo de certificação inicia na indústria

Os estágios da certificação passam por etapas que se inicia bem antes da linha de produção, resumidamente nos seguintes passos:

  • Solicitar a certificação

Formalizando um amplo documento, com memorial descritivo do produto, informações técnicas, licenças para importar e utilizar partes importadas, entre outros.

  • Em seguida é realizado os planos de ensaio

Que consiste em produzir amostras e chegar aos níveis de viabilidade determinadas pela Norma da ABNT5426.

Além disso a liberação para produção ainda passa pela avaliação das amostras de produção, testes de resistência e recebimento da autorização de produção.

certificacao de lampadas led programa nacional de etiquetagem

A venda da tecnologia LED no varejo

Desde o ano passado, precisamente em Junho/2016, a certificação determinou que as lâmpadas de LED para o comércio em geral, se adequassem para ofertar o produto.

E este prazo expira neste mês de Março/2017, para os varejista e atacadista de grande porte, enquanto que para o comércio de pequena e média empresa o prazo foi postergado até Setembro/2017.

Porque a certificação é importante para a sociedade

Assim como todos os itens eletrônicos e elétricos a etiquetagem da lâmpada LED é a informação e a garantia que devem ser levadas em conta durante a escolha do produto.

A ENCE (Etiqueta Nacional de Conservação de Energia), será utilizada para informar a potência (W), a eficiência luminosa (lm/W) e o fluxo luminoso (lm).

Muito semelhante as lâmpadas até então conhecidas.

Além disso, na etiqueta deverá constar o número que identifica o registro de certificação junto ao OCP (Organismo de Certificação de Produto) e na embalagem você vai encontrar também a equivalência do LED em relação a lâmpada fluorescente.

Inclusive de todas as lâmpadas LED importadas que também seguem regras do Inmetro para comercialização.

Quem mais ganha com a certificação...

Diretamente todos os ganhamos com a certificação, governo, indústria, comerciante e o consumidor final.

Mas, sem dúvida o meio ambiente é agraciado com um “quê” a mais pela certificação e também pela nossa preferência pela lâmpada LED.

Importante!

Cabe a nós cidadãos fiscalizar e exigir a lâmpada de LED dentro da normas da certificação.

Não se omita diante da necessidade de reversão dos processos imaturos e desenfreados de consumo.

Fontes de Referência:

https://www.maxpress.com.br/Conteudo/1,773514,Lampadas_LED_terao_mais_qualidade_com_certificacao_do_Inmetro,773514,2.htm, acessado em 30 de Março de 2017.

https://www.inmetro.gov.br/legislacao/rtac/pdf/RTAC002235.pdf, acessado em 30 de Março de 2017.

Imagens Free:

https://pixabay.com/, acessado em 30 de Março de 2017.